Posts

Showing posts from February, 2018

Hide




Inside her lovers bedroom
She feels all alone
Her love feels like an illusion
Her disire  feels like an intrusion

She has phiscal contact
But she is not inlove
Her disire and fantasies flow
Her little obcession grows


Hiding behind the shadows
She waits for her
Hiding behind the shadows
She craves for her


She penetrates her lover
In her sweetest sleep
She possesses her body
And wishes it was something
She could keep


Her beauty arrives at night
And dissapears at the sunlight





I´m awake and i´m in love
With you
Love me when I´m  alive
Learn to be inlove

In my room i feel so alone
In my room
I never hear your phone
Wish I could have your company

In my bed I dream about
Having your arms around me
In my bed
I´m waiting for you to find me

Why do you have to hide?
I´m over here for you
Why do you have to hide ?
I´m naked and  waiting for you






Bonequinha

Ela invade e penetra
Quero estar desperta e alerta
Para te degustar

Toda comoção de uma invasão
E me domina e exita
Com a expectativa da espera

Eu desejo planejo e quero
Seu amor femenino
A espera de admirar e tocar
Seu corpo nu e seus seios

-x- 





Beira Rio

Como agua mudamos de forma e adaptamos
Como agua fluimos juntas ao redor do tempo
Como agua misturamos sem nos separar

Pessoas se encaixam feito Lego
Molha e inunda
Uma pessoa se mistura a outra
Até que se confunda
O teu olhar que acaricia
Me penetrava de uma forma profunda



-x-

Schrodinger

Eu fui na sua casa
Te chamei pra caminhar
Eu te mostrar o lugar
Que eu morava
Na estação Dundas West


Eu te beijei na neve
E dividimos Timbits
Terminamos a noite
Em um motel de Chinatown
E tomamos café da manhã
Em Kensington Market

Voltamos para casa
No oeste do Lago de Ontario
Ficamos de mãos dadas
E olhavamos pra beira da agua
Enquanto dividíamos  Kimchi

-x-

Apicultura

Abelhas rainhas
Que vivem com os zangões
Nunca encontram o seu lugar
Passam a vida se perguntando
Se merecem alguém pra amar

O mel que fazem é amargo
O gosto é vil
E do alto você viu
Que não era a abelha inútil

Do alto da arquibancada
Onde ela dominava
E merece encontrar seu luar

E das dores do passado
Tem que jogar tudo pro alto
E reaprender a voar

Pra ser livre você tem que voar
Pra encontrar o seu lugar
Tem que voar e liberar


Uno Mille

Estou tentando fazer algo certo
Procurando longe um amor que é perto
E encontrando aos poucos
Dentro de mim

Aos olhos de deus
Não ha nada errado
Amor verdadeiro
Nunca é condenável

É amor este sentimento duradouro
É amor tudo que espanta o mau agouro
Eu sempre soube o que sou
Eu sempre soube das direções que vou

Minha direção é dificil de se errar
Tesão não tem como negar
Até as lagrimas secam depois de chorar

A procura daquilo que se encontrou
Em busca de um acerto
Naquilo que se errou

-x-

Guardiões cegos

Tive um grande amor
Era quente e molhadada
Em um mar de lembranças
As labaredas que queimam
As mesma que me dão desejo


Eu estou aqui só sem você
Tudo é um eterno vai e vem
A felicidade que existiu
Um dia terá que voltar a existir


Tudo entre a gente é cinematográfico
Tudo entre a gente é performático
Amores e dores perdidos dentro do prazer






Ribbon Earings

Moments of pleasure that are in the past
Moments of pleasure always seem to last
I keep her warmth here inside of me
She is my warmth as I please


Some lovers travel to find afinity
My lust has travelled to find sanity
I hear her voice caressing my mind
A longing for what we had


As we recover from our past mishave
I miss the happiness that we used to have

Kitten

I´m your girl
I´m your little girl
Just let me love you

I´m a cat
I´m a licking cat
Who´s here to serve you
My love

Got you at the edge of my bed
Let me lick you untill you cum
Be here like a voice in my head
Let me lick you untill you come

There´s nothing wrong
With the way we love
There´s nothing wrong
With the things you make me do

There´s nothing wrong
With the way we make love
There´s nothing bad
About the love I give to you





Edificio Tarumã

Acariciava as tuas costas
E sentia o teu amor
As minhas unhas que arranhavam
Despertavam o teu fervor

O retorno entre Coreias
Cansadas de tanta dor
Estão na beira da piscina
Um prazer e um clamor

De redenção e liberdade
Era tudo que eu queria
Só redenção e liberdade


-x-

Armario

Magoa seus amigos
Magoa sua familia
Magoa seu sentimento de prazer

Você perde alegrias
Você perde  oportunidades
Você nega algo que faz parte de você

O presente com a mulher
Que você  ama,que por agora
Não  pode existir

Eu vejo as fotos do nosso passado
E em quantas delas
Eu poderia estar ao seu lado

Tantas noites que contorci
Em cima da minha cama fria
Pensando  estar ao lado do seu calor

-x-


Halloween 1998

Eu achava que era  mesmo o fim
Mas,será que é o amanhecer do nosso amor?
Que nossa historia acabou
Mas era realmente a alvorada do nosso amor

Me tomou pela mão
E me mostrou a beira do rio
Me tomou pela mão
E me mostrou que o calor vence o frio

E uma dança antes tão inocente
Acabou de uma forma tão quente
Sob o julgamento daqueles
Que nos consideravam garotas indecentes





-x-

Florcita

Florcita te acuerto muy joven
Acostada en el pasto
Sola y enamorada

Los momentos que passamos juntas
Sonriendo en en bosque
Buscando luz en la oscuridad

-x-

Swan Song

It doesn´t even feel
That was our swan song
As I hold your body close
After beying apart so long

Saying goodbye
From all that I knew of you
I still remember all of our last night
All of the mysteries buried in to your blue

-x-


Documentario sobre cultura sertaneja parte 2

Image

Documentario sobre cultura sertaneja parte 1

Image
Minha avó e sua amiga,relembrando os tempos do cangaço.Video filmado em 2008.

My grandmother ,Risete Vieira Peixoto, just passed away. May the valkyries guide your way to Valhala

Image
I wish I could be there
To give back hope to her eyes
But there´s a thick disguise
Our memories are dancing in light air
But there´s nothing left of  her stare


STOMP

Hidden behind her gaze
All I can recall is just a milky haze
She is much more than just a fase

I wish I could be there
To give back hope to her eyes
But there´s a thick disguise
Our memories are dancing in light air
But there´s nothing left of  her stare

-x-

Beijo quimérico

Duas metades do rosto
Uma quimera
E sua letra que brota
Por de dentro da minha
Para fora
Como se fosse uma asa

-x-


Poesia do Luto

É tudo desgraça e despeito
Pensando naquilo que deveria ser feito
Meu juizo perde o seu direito
Pensando naquilo que deveria ser feito


Eu acredito que tudo acaba
É a minha maior lição
Não existe dor que seja eterna
Para sempre é só uma ilusão


Até  lembranças tão bonitas
No tempo se desfaz
Ficam esquecidas
Até o fim do nunca mais





-x-






Friday Afternoon II

I´m digging through the mud and moss Looking for a time when our grass was green I´m digging through the depths of memory  Looking for the first signs of spring 
I never knew winter could last so long  That´s our crimson lonely song  And all the love that once existed  Buried beyond the roots could grow 

What we used to be  Everything that we could be  Gone in to the moss  Blown away by the snow  Long and forgoten with the feeling we show

Roda Punk

O tempo passou
E esqueceu de nos levar
Tenho que estar sempre conformada
Em te ter somente como uma melhor amiga

Com coturno nos meus pés
E no meu pescoço um ankh
Sinto teu corpo
No meio  da roda punk

Doi tanto na hora da despedida
A melhor sobremesa é aquela
Que se degusta escondida

Nosso relacionamento sempre
Estara registrado nos anais
O Encontro de corpos entre duas
Criaturas celestiais

Estava na duvida
Entre voce e um garoto
Na minha vida foi a melhor decisão
Ter te entregue em uma década
Todo o meu tesão

O meu desejo em forma de uma mulher As melhores coisas da vida
São aquelas que não acontecem
Do jeito que a gente quer

Lago da dor (For my therapist)

Meus olhos brilham
No fundo do lago do dor
Tive que desistir deles
Para encontrar dentro de mim amor

Para quem tem
Uma vida sem amor
Para que ter olhos

Para quem procura
Dentro de si  amor
Olhos nunca irá precisar

Para encontrar meu amor
Tive que desistir do meu olhar
Tive que mergulhar no lago da dor

-x-


Transgressão

Um grito quebra a nevoa preta
Vítima de nossos segredos
Doce veneno na nossa engrenagem
Onde estarão as imagens ?

Nosso som tão classico e vintage
Um prazer que quebra o esquecimento
O som agudo de um violino
Aquele cheiro que faz parte do sentimento

Nossa proximidade nunca  pode ser quebrada
Nossas memorias estão alem da escuridão
Nossa proximidade esta alem das décadas
E dos séculos,um ato de transgressão

Eu me lembro como começou
Mas não me lembro do fim
Nunca acabou
Algo que é tão parte de mim