Calabouços e dragões




Ainda guardo nos dedos
As marcas das bolhas
Dos calos das vezes
Das noites chorando você

Já enxuguei grossas lágrimas infinitas
Meus dedos girando em formas circulares
Nada chora mais alto e grita
Do que meu silencio que irrita

Homen com olhos de fogo
Me queimam por dentro
Me encontram,me tocam, depois me ataca
Seus beijos sedentos por sangue
Vão  me transformar em fumaça



Calabouços e dragões
Girando pela noite
Um grito sedento por sangue
O desejo,um vampiro  que beija e me lambe


-x-


Comments

Popular posts from this blog

Urros e sussurros

Little hearts made of clay

"Folhas de outono" (Versão em portugues para "Somebody that i used to know")